sexta-feira, 6 de março de 2009

Sonhar com cigarro

E eles começaram. Da vez que eu fiquei seis meses sem fumar, era noite, noite também: os sonhos em que estou fumando.

O mais sensacional desse tabagismo onírico é que eu não lembro, no sonho, que eu parei de fumar, por isso não estranho.

Outra coisa muito louca é que eu sinto um prazer intenso, como se estivesse tragando um cigarro físico. O que, convenhamos, não é extamente ruim.

Outra coisa a se destacar é que, quando eu acordo no meio de um sonho cigarrento, e fico uns instantes semiconsciente, sem saber direito o que é a realidade, eu ficode bode e irritado porque fumei.

Um comentário:

Diego disse...

Gustavo, a idéia do blog é muito boa. Parar de fumar um problema comum a muitas pessoas.
Depois vc precisa me ensinar uns truques para turbinarmos o Corneta.
Abs,
Diego.