sábado, 4 de abril de 2009

Crise de abstinência depois de um mês

Um comentarista pergunta sobre a crise de abstinência depois de 26 dias.

Acho que cada pessoa reage de uma forma, sendo que alguns sintomas parecem mais gerais: irritabilidade, fome, ansiedade.

Eu senti também, como diz o comentarista, sintomas físicos. Acho que fiquei sonado, meu estômago retorcia.

Tenho uma dica que acho que funciona (funcionou para mim): comece a praticar um esporte que você goste.

Eu estou praticando kung-fu.

Escolhi porque sempre quis fazer uma luta, uma arte marcial.

Além disso, acho que existe um sentido nessa prática.

A cada aula, você avança um pouco, e consegue perceber como está seu desempenho.

Caso eu volte a fumar, a queda de desempenho no kung-fu vai servir como termômetro, como advertência prática de quanto o cigarro me faz mal.

Só acho que deve ser um esporte com foco aeróbio, por isso não considero academia de musculação uma boa pedida. Fora que, convenhamos, musculação é chatíssimo. Vá de natação, ciclismo, pular corda, corrida etc.

3 comentários:

Webjet disse...

O nome deste blog tá show!! Nicotina Zero, que idéia brilhante!!!

Muda nosso feed aí... :)

Vinho disse...

Gustavo,

Parabéns pelos 2 meses longe do cancerigeno, a prática do esporte além de ajudar no controle da abstinencia, nos dá mais auto confiança para ir em frente, eu optei pela corrida, quando fumava, já corria de 4 a 6 km, hoje após um ano e meio já consegui correr 17 Km, e olhe que fumei durante 20 anos, mas o que importa mesmo é largar este vício que em nada nos ajuda.
Grande Abraço.
Vinho.

Auína disse...

Gu arrasou! Tá até fazendo esporte, sem ser Wii, incrível!

Ai amigo o duro é que depois que eu parei de fumar, como tanto doce, engordei 2 kilos agora na páscoa, que vida! Vamos que vamos, pelo menos temos o hálito puro e roupas cheirosas!

A crise parece que tá mais forte agora nos dois meses!

beijo